Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

17 novembro 2016

Straight To Hell [À Caminho do Inferno] 1986 Exclusive Subtitle/Legenda Português ptbr.str


À Caminho do Inferno - Brasil
Straight to Hell - USA
Directos al Infierno - Espanha
Suoraan Helvettiin - Finlândia
Kalos Irthate Stin Kolasi - Grécia
Diritti All'inferno - Itália
Прямо в ад - Rússia
Straight to Hell - Fahr zur Hölle - Alemanha

Diretor: Alex Cox
Escrito: Alex Cox e Dick Rude
Produção: UK (Reino Unido) (1986)
Duração: 86 minutos
Locações: Almería, Andalucía, Espanha
Orçamento: U$1.000.000 (estimado)
Co Produção: Commies From Mars 
e Corporation, Initial Pictures
Música: Dan Wool
Fotografia: Tom Richmond        
Edição: David Martin    






Dick Rude - Willy
Sy Richardson - Norwood
Courtney Love - Velma
Joe Strummer - Simms
Gloria Miralles Ruiz - Maid
Juan Uribe - Policial
Joe Cashman – Homem morto no carro
Jose Pomedio Monedero - Gomez
Sara Sugarman - Chuch
Miguel Sandoval - George
Jennifer Balgobin - Fabienne
Biff Yeager - Frank McMahon
Shane MacGowan - Bruno McMahon
Spider Stacy – McMahon Olhos de Anjo
Frank Murray - Biff McMahon



Para quem curte muito Quentin Tarantino, Robert Rodriguez e Sergio Leone, certamente vai adorar o estilo Alex Cox que tem muito em comum a estes diretores.
Um filme recheadíssimo de sangue, dinheiro, armas, café, e tensão sexual, que complementam muita ação e comédia em um clima de Espaghetti Western muito tenso.

Classificaria como um Pós-Apocalíptico-Espaghetti-Western.
Resolvi traduzir e disponibilizar uma legenda (Subtítulo) em português do Brasil para este filme pouco conhecido no Brasil, para os fãs que desejarem degustá-lo.
É um filme que merece destaque neste seguimento e espero que todos apreciem assim como eu.


Uma quadrilha de ladrões de bancos com personagens da pior espécie fogem com malas cheias de dinheiro e acabam por tentarem se esconder no deserto até que a perseguição da polícia esfrie.
Após enterrar o fruto do roubo em uma colina, encontram um pequeno vilarejo surreal, cheio dos cowboys, bandidos e desocupados que além de alcoolizados o tempo todo, são também viciados por café.

Os personagens deste pequeno povoado são hostis com comportamentos esquizofrênicos, mas aos poucos parecem aceitar os fugitivos em sua comunidade depois de terem matado um casal de pessoas inimigas do vilarejo.
Depois de algum tempo, um misterioso homem chamado Dade chega, e que parece ter um negócio desagradável para resolver com os ladrões aumenta ainda mais as confusões e as mortes.



Alex Cox não foi o criador do faroeste pastiche, mas merece crédito pelo primeiro "Punk Western" que se tem notícia. Em seus primeiros anos de carreira, o cineasta britânico era uma espécie de Robert Rodriguez com cérebro, ou seja, não só tem noção do que fala, como sempre teve algo para dizer.

À Caminho do Inferno nasceu de uma ideia do produtor Eric Fellner que organizou um show de rock em prol dos revolucionários Sandinistas. Com artistas do calibre dos Pogues, de Joe Strummer e de Elvis Costello, Fellner queria organizar uma turnê mundial angariando fundos para os guerrilheiros nicaraguênses, o que acabou não acontecendo. 


Ao invés disso, os músicos foram convencidos a participar de um faroeste filmado nos desertos de Almería, mais precisamente nas locações de Valdez, o Mestiço, produção que fora estrelada por Charles Bronson e assinada por John Sturges na década de 70.
O roteiro de Alex Cox (escrito com o ator Dick Rude) não passa de uma grande anarquia alegórica, regada a rock n’roll e tiros, funcionando como um preparativo para o mais polido e audacioso Walker, realizado no mesmo ano.
O clima de festa geral pode ser detectado só pelas figuras que aparecem no filme: além dos músicos já citados, marcam presença também: Dennis Hopper, Grace Jones, Jim Jarmurch, Courtney Love (antes dela dar o golpe em Kurt Cobain) e vários atores habituais de Cox.


Fato interessante é que o bandido interpretado por Sy Richardson possui uma enorme semelhança física e visual com Samuel L. Jackson de Pulp Fiction do Tarantino.
À Caminho do Inferno é aquele tipo do filme onde a paródia acaba sobrecarregando todo o resto, e por isso não está entre as melhores obras de Alex Cox.
Em seu favor podemos dizer que possuí atitude e energia genuínas, que infelizmente se perderam no tempo, em algum ponto dos anos 80, e que poucos cineastas daquela época, como Alex Cox, ainda hoje são capazes de transmitir.

Por: Leandro Caraça
Compilação: Edelzio Sanches

Versão em Inglês sem Legendas disponível: 
http://torrentking.eu/movie-1986/straight-to-hell-torrents/

Youtube versão com áudio em Inglês Legendado em Espanhol

” 3 Subtitles/Legenda/Exclusiva [Straight to Hell] Ptbr (Str)” Download